6 de dezembro de 2008

[cenas toscas = amizade]


Amizade é coisa engraçada. Você faz um amigo das formas e nas horas menos esperadas. E uma das formas mais esquisitas é rindo da desgraça alheia. Sabe quando você se encontra rindo de uma cena tosca provocada por uma pessoa igualmente tosca, e olha pro lado para ver se é só você que possui esse humor negro, então encontra outro ser que possui essa característica tão forte quanto você? Assim, muitas vezes, se forma uma amizade, e tal qual como se formou, se mantém com uma característica básica: rir das desgraças dos outros, inclusive da sua e da dele. Mas isso é que torna a amizade tão única e firme, essa possibilidade de você se expressar com toda a força de sua personalidade, sem meias palavras, sem meios sentimentos. E o melhor é saber que não existirá ressentimento por isso, pois o outro também se sentirá da mesma forma. Livre.

Felizmente, boa parte das minhas amizades é assim, coincidência ou não, a maioria destas são com pessoas do sexo masculino, talvez os homens tenham uma facilidade maior para ignorar certas regras de condução. Mas espera, não é comum eu fazer amizades através dessas situações hilárias, por assim dizer. Não vivo rindo dos outros, ás vezes eu deixo passar algumas coisas. =D

Já tive essa experiência quando em uma semana, vindo para casa dos meus pais (comida boa e descanso!). Na parada do ônibus para o lanche, sentei na mesma mesa que uma garota. Foi aí que vi uma cena digna de altas risadas. Uma senhora bem velha cheia de pele, como diria um bom cearense ‘com as pelancas caída', com uma saia curtíssima e a parte superior do biquíni, somente. Aparentemente vindo de uma praia, a pele estava tão queimada que dava dó. Faltava nela uma coisa simples, senso do ridículo. Fiquei com vergonha por ela. Então olhei com cara de 'que-marmota-é-essa?' para a garota e ela já me olhava da mesma maneira. Depois de alguns minutos estáticas com aquela imagem, o suficiente para a protagonista da cena ir embora, não a desapontamos e caímos na risada. E pronto. Laços criados.

2 Neurônios comentaram.:

Faça sua Parte disse...

Vc já tentou ajudar alguém?
Uma coisa t fala nunca é tarde.. unidos com boas idéias agente pode tenta.. nuam vamos lutar só por nossos filhos e nossas famílias. Vamu ajudar... obrigadoo.. estou mandando essa msg pq agente estamos tentando divulgar esse projeto e Tb achar pessoas que tenha boas idéias e que esteja afim de ajudar. Brigado msm fica com Deus
visiti nosso projeto...
quem sabe vc possa ser de nós..
e entra no nosso blog.. e se quiser nosso e-mail esta ai
projetofacasuaparte@hotmail.com
muito obrigado seu blog é lindo

Rafaella Costa disse...

Adorei! Parece q vc é das minhas... Além das situações toscas, das muitas caras de 'que-marmóta-é-essa?', e das amizades com homens... a gente tem um maravilhoso humor (que o povo diz ser negro =D), alguns amigos meus juram que eu já perdi meu lugar no céu há tempos pq eu não deixo passar certas inconveniências... somente por isso. Pô, cheia de pele ( ‘com as pelancas caída') e de saia curta, é demais pra gente aguentar! ¬¬