3 de novembro de 2010

A verdade.



Por mais que eu diga que não sinto sua falta, que eu não te ame, que você não significou nada para mim, que eu quero que você suma. Por mais que eu tenha errado, mesmo pelos seus erros, por você não ser perfeito… Eu sentirei sua falta de um jeito que sempre que eu lembrar os bons momentos, sentirei um aperto no coração e lembrarei que ali falta um pedaço a ser preenchido. Eu vou deixar o tempo passar e viver minha vida, caso você volte… sabe onde me encontrar.
Mas a verdade é que eu sempre gostei de novos dias, novos começos, rotina me cansa.

4 Neurônios comentaram.:

URBAN.GO disse...

Fechar a porta, mas ... abrir uma janela!
Sensato, nestas coisas do amor ...nunca se sabe quando ele volta, e ... como!
Bjs, fica bem :-)

A.S. disse...

Priscy...

Na vida tudo renasce e se renova... até o amor!

Beijos, querida!
AL

Keel Diniz disse...

A rotina cansa todo undo, não importa qual esta seja "/

:*

Daniel Savio disse...

Ainda bem que disse tudo no fim, que gosta de novos dias e novos começos (atrás da felicidade)...

Fique com Deus, menina Priis.
Um abraço.