19 de fevereiro de 2011

...



Todo mundo tem suas excentricidades, suas pessoalidades, suas dores.
Sempre precisando de um pouco de fé, de mudança, e um punhado de inspiração.
Assim, toda noite eu peço por paz, para fazer sumir esses ruídos que inundaram a minha cabeça. Para fazer sumir essa coisa que está fazendo compressão no meu peito.
Mas hoje eu estou cansada até para pedir e quase eu não consigo respirar, 
será que é demais um pouco de paz?

Ps: Coments acima. =)

11 Neurônios comentaram.:

Daniel Savio disse...

Não é algo demais não, mas as vezes, precisamos da ajuda de alguém para chegar a esta paz (então um amigo cae bem)...

Espero que esteja bem.

Fique com Deus, menina Flavih.
Um abraço.

Paulo Braccini disse...

a presença do outro sempre é boa e nos auxilia na conquista dos bens almejados ...

obrigado pelo carinho por lá ...

;-)

Kafé Universitário disse...

Profundo seu post... realmente as vezes precisamos apenas descansar... querer um tempo só pra nós mesmo que companhias sejam sempre necessárias!

Estou seguindo!

Por que você faz poema? disse...

Paz nunca é demais.

Dil Santos disse...

Ai q saudade de tu menina. Tu tá bem?
Lindo, adorei e ñ é pedir muito. Sempre temos aqueles momentos que precisamos d paz, de silêncio.
Ai q bom q gostou do poema menina.
Bjo

Nina disse...

Oi amoree! Saudades daqui! Desculpe pelo sumiço.

Mil beijinhos

Nina

Grazielle Brito disse...

As vezes a solidão ajuda, mas será que cura todos os males?

Adorei o post nos coloca para refletir...
te sigo!

Gabriela Castro disse...

Duas doses de paz, por favor! rs
Beijos, Flavih.

Rafael Ayala disse...

Ás vezes faz um bem danado...
Quanto tempo!
Beijos!
=]

Patricia s2 disse...

Eu também acho. E tudo isso me aassusta, mas ai fecho os olhos e começo a sonhar.Não que queira me enganar, é só um forma de sorrir.
bjs

Diego Marques disse...

Eu não quero fingir... nem precisa.
Abra os olhos, nem tudo é perfeito, não somos mágicos, isso não é um castelo...

Olhe de novo... Não somos mágicos, mas somos gente! gente que ama, que preocupa, que some, que aparece, que liga, que questiona... qu quer seu bem!

Olhe mais a fundo... Não é um castelo, mas é sua morada, melhor que qualquer castelo cheio de espaço e vazio de coração, de aconchego e de proximidade!

Sds