18 de maio de 2011

Um dia esse LUTO passa?


Não ando muito animado. 
Mas voltei a escrever, ou pelo menos a mexer nas gavetas, 
nos papéis, nos fantasmas. 
Caio F. Abreu


Saudades eternas meu avô!

7 Neurônios comentaram.:

Déia disse...

Demora, mas passa! um dia!
Mas a saudade vai e vem!
bj

Dil Santos disse...

Oi Flah, sinto muito pelo seu avô. Tenha certeza que Deus o abrigou em Seus Braços. Que Ele conceda a sua família forças para suportar esse momento tão difícil. Uma vez escrevi sobre a morte, a dor da perda, escrevi para um amigo que tinha perdido uma pessoa bem próxima, se quiser e puder dê uma olhada, quem sabe pode ajudar um pouco ( http://dilsantos.blogspot.com/2010/04/perdas.html )
Fique bem viu?
Um bjo e um abraço bem apertado.

Jota disse...

Na verdade, não existe luto quando a pessoa amada está viva dentro de nós.
Se cuida ;***

Daniel Savio disse...

Espero que você supere...

Fique com Deus, menina Flavih.
Um abraço.

Gabriela Castro disse...

Fica a lacuna, fica a saudade, mas a dor uma hora se vai.
Beijos

Poly_andra disse...

Um dia ficarão só as lembranças e isso não vai ser o bastante, mas vai ser confortador. Como disse o Jota: não existe luto quando a pessoa está viva dentro de nós :B

Keel Diniz disse...

Um dia passa, mas a saudade com certeza fará questão de lembrar.
Fica na paz :*